Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (653)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (642)  
  Poesias (2504)  
  Resenhas (129)  

 
 
SÓCRATES: o filósofo...
Kairon Pereira de...
R$ 26,80
(A Vista)



Memórias do Velho...
Heráclito Júlio...
R$ 37,70
(A Vista)






   > Palavras de Liderança



Edson Tressmann
      PENSAMENTOS

Palavras de Liderança

Palavras de Liderança
 
         Atualmente o mundo está carente de líderes. Nesse momento o mundo se despede daquele que é considerado o ultimo dos grandes líderes, Nelson Mandela.
         Qual foi a característica que levou o mundo inteiro a se reunir para despedida do corpo de um líder? Em vida Mandela disse que: “Os verdadeiros líderes devem estar dispostos a sacrificar tudo pela liberdade de seu povo.” Foi isso que fez em seus anos que aqui viveu. Foi preso por vinte e sete anos.
         Gostaria eu ter  falado a uma plateia tão seleta, o mundo, assim como teve a oportunidade a presidente Dilma e o presidente Obama. Falar ao mundo inteiro reunido numa despedida foi oportunidade única. Se eu pudesse ter estado lá e falado, traria na pauta da fala as questões que motivaram esse líder a lutar. Falaria sobre escravidão e separação.
         Já que não pude falar naquele dia com o mundo, irei escrever a você querido leitor, que pode ao divulgar essa mensagem abrir as portas do mundo através da internet. E ao escrever essas palavras parto dos mesmos assuntos que levaram Mandela a agir, mas a partir de outro ângulo.
         Pela Palavra de Deus aprendemos que a escravidão e a separação é consequência do pecado. Assim, nossa luta conforme dito por outro combatente contra a separação e a escravidão, “... não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes” (Ef 6.12).
         Na luta contra o pecado somos liderados pelo Espírito Santo, “...deixem que o Espírito de Deus dirija a vida de vocês...” (Gl 5.16). O pecado nos afasta de Deus e também do próximo. Assim, por causa do pecado somos escravos e nos separamos uns dos outros.
         Na luta árdua há um enorme desgaste que leva os combatentes a desistirem e entregarem os pontos. É que a luta não é fácil, precisamos da liderança do Espírito Santo através da Palavra de Deus.
         Quando o mundo esteve reunido na África do Sul, lembrava-se das palavras do falecido líder: “Não se esqueça de que os santos são pecadores que continuam tentando.” Na luta contra o pecado, somos santos em Jesus que continuam tentando. Cada nova tentativa se dá no perdão e na graça de Deus.
         Se o mundo se despede de um grande líder que disse Os verdadeiros líderes devem estar dispostos a sacrificar tudo pela liberdade de seu povo,” precisamos aproveitar e proclamar que o maior líder desse mundo, Jesus, deu a sua própria vida para libertar seu povo. “Cristo nos libertou para que nós sejamos realmente livres. Por isso, continuem firmes como pessoas livres e não se tornem escravos novamente” (Gl 5.1). “Ser livre não é apenas se livrar das correntes que lhe prendem, mas viver sendo capaz de respeitar e engrandecer a liberdade dos outros.” O líder Jesus ao despedir-se disse: “mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até os confins da terra” (At 1. 8).
         Somos santos em Jesus, mas continuamos vivendo nesse mundo como pecadores. Como tais, produzimos as injustiças, causamos a exclusão, a opressão, etc. Contra isso precisamos lutar, pois “...a fé é assim: se não vier acompanhada de ações é coisa morta” (Tg 2.17).
         Livres em Cristo, somos convidados a viver essa liberdade, com muita intensidade. Mandela, o líder de quem o mundo se despede disse: “Sonho com o dia em que todos levantar-se-ão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos.” Viver como irmãos do mesmo sangue, da mesma família. Irmãos que se amam e se respeitam mutuamente. Enquanto sonhamos, Jesus agiu e com seu sacrifício nos tornou herdeiros de Deus, família de Deus. Como irmãos, como filhos de Deus, como herdeiros da herança celestial somos convidados a viver de tal maneira. Relembremos que talvez “Você não seja amado porque você é bom, você é bom porque é amado.” Como está dito através daquele que nos lidera, o Espírito Santo, “Nós amamos porque ele (Jesus) nos amou primeiro.” (1Jo 4.19). Assim “Devemos usar o tempo sabiamente e nos darmos conta de que sempre é o momento oportuno para fazer as coisas bem” ou conforme Paulo: “Por isso, enquanto tivermos oportunidade, façamos o bem a todos, ....” (Gl 6.10).
         Todos nós podemos ser filhos de Deus! Essa é a graça de Deus. Esse é o desejo de Deus. Pois, “Tudo é considerado impossível até acontecer.” Em Jesus aconteceu o maior de todos os feitos de um líder, Ele ocupou nosso lugar para que fossemos libertados da escravidão do pecado, da morte e da condenação eterna.
         Lideres estão reunidos para se despedir de um líder desse mundo. Todos buscam alternativas para solucionar conflitos entre nações, separação por classe social, etc. Mas, como gostaria de poder anunciar a esses lideres que há uma solução para todas essas situações. Mas infelizmente não me deixam falar e nem sequer querem ouvir que a solução é Jesus. O líder que veio ocupar nosso lugar e ocupando nosso lugar nos oferece a liberdade que o mundo não pode dar e rompe os muros de separação que ninguém mais pode romper.
         Ah se quisesse o mundo me ouvir, ou se eu pudesse falar ao mundo. Talvez conseguisse colocar alguma coisa em suas cabeças. Mas entre as muitas palavras falaria o que eu preciso continuar falando: Jesus “... abriu mão de tudo o que era seu e tomou a natureza de servo tornando-se assim igual aos seres humanos” (Fp 2.7) para que cada ser humano fosse libertado de sua maior escravidão e da maior de todas as separações.
 
Rev. Edson Ronaldo Tressmann

44 – 34622796 ou 9856 8020
acesse também:

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui