Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (655)  
  Contos (940)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (650)  
  Poesias (2519)  
  Resenhas (130)  

 
 
R$ 27,60
(A Vista)



45 dias e noites
Nadia Rockenback
R$ 30,00
(A Vista)






   > Empirismo; Estoicismo; Guten und Bösen; complexas pretenções e simples pretensões; ortografia



Fabrício Behine
      PENSAMENTOS

Empirismo; Estoicismo; Guten und Bösen; complexas pretenções e simples pretensões; ortografia

    Ao observar os fatos mediante os quais padeço e padeci, conhecendo a relatividade de todo conhecimento calcado em subsistir e suas casualidades, entrevejo uma senda para seguir sempre quando a minha visão se faz quase nula, conquanto veja tudo. A luta de cada um pode ser percebida em seus conceitos aplicados de ética e moral, uma  vez que se lutou com correção ao tentar o máximo não ser causa de danos aos semelhantes( ainda que todos causem danos através de erros comuns de nossa imperfeição; causem danos mormente a si próprios), será facilmente notado em seus modos, em seu lar, em sua comunidade, sua cidade, sua terra... O saber não somente teórico mas Empírico, é capaz de fazer uma pessoa alcançar um bom nível de autoconhecimento para lidar, conscientemente, com as falhas comezinhas e até estultas de que sofrem tanto ela mesma quanto os outros, do quais se conjugam em existir na convivência familiar; por conseguinte, este poderoso saber ( Gut) pode contribuir muito em seu meio. E, para chegar a qualquer pequeno entendimento das coisas, sofre-se. ( übel?) Não. A luta é já Vitória em si. E a dor subjetiva que todos sentem é o caminho para ter força e perseverar, porquanto sem dor, sem algo inquietante, estagna-se demasiado cedo, já de antemão entregando a batalha...
   Na antiguidade este pensamento era querido...
   Pretender algo para si, do mesmo modo que desejamos alimentação ou quaisquer necessidades físicas, é um jeito mais natural de ser o que é, exceto quando o que se pretende é causa de males para outros ( ÜbEL), e quando se é sem esforço em ser de fato uma boa gente, há equívoco nalgum canto desde segmento, de cujo aperfeiçoamento é necessário, já que há um tanto de esforço para quase tudo o que há de bom e feliz.
   Uma simples pretensão não significa uma coisa-lugar-sonho menor, se quem é a pretensa pessoa sabe que é capaz e, por conseguinte, sabe que é maior.
   Uma "pretenção" complexa já denota a inaptidão e incongruências inerentes a quem pretende.
   Um sujeito-pessoa-comum pode pretender o que quiser, se for fruto de uma árvore de estudo e trabalho, de bem próprio e alheio, de ajuda e felicidade compartilhadas, de força, vitória e dor, suor e desgaste imenso; pode pretender em sua pretensão apenas viver em tranquilidade e amar -- e isto é uma boa pretensão. Und Gut! 
   ... Estudando a realidade factual extrínseca juntamente com a realidade relativa e intrínseca, observando as boas vivências e ensinamentos, consciente de que a dor pode ser força e a abnegação material pode ser imenso ganho de personalidade ( por vezes...), esta gente pode querer empreender tudo de que para o bem for.
       A pretensão, o almejo de ser, é válido e útil, é válvula propulsora para algo melhor.
       Não só para si em si; para todos de cuja boa e real pretensão carecem...
       Desejar sonhar um sonho bom de viver onírico, é boa pretensão.
       Felicidade é uma ótima pretensão para tudo começar...
       Sonhando com algo que valha a pena...

      Agradecimentos: Epicuro, David Hume, Montengne
      Emmanuel Kant, Sêneca, Cícero, Stuart Mill
      Berkeley, Spinoza
      José Saramago, Jorge amado, Camus e...................................................



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui