Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
Dança de Salão:...
Maristela Zamoner
R$ 29,80
(A Vista)



Apenas um Minuto
Lidia Maria Cardia
R$ 34,10
(A Vista)






   > RAZÃO



Elisabeth Silva de Almeida Amorim
      POESIAS

RAZÃO

Tudo tem uma razão de ser,
Uma razão de existir.
Tudo tem uma razão para acontecer...
De que lado está a razão?
Do muro da emoção
Ou quem sabe do outro lado do muro... controle!
Remoto mas ainda controlando a descontrolada máquina
Que insiste  espalhar ao vento
O vento... o vento... o vento
Dos sombrios pensamentos
Dessa máquina humana
Que insiste ter razão...
Onde está a razão?
No seu egoísmo desmedido?
No seu amor exagerado?
A razão desaparece
Quando emocionada a  emoção se emociona...
Grita ao seu ouvido
Loucas palavras controladas
De um ódio-amor arrancado do peito
Onde a razão por pirraça deixou de morar.
 
 
 
 
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui