Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (653)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2504)  
  Resenhas (129)  

 
 
Contradições
Marcos de Sena Pereira
R$ 30,50
(A Vista)



Sobrevivendo da...
Marilia Zamoner
R$ 66,90
(A Vista)






   > Alguns pensaram em desistir. Outros fizeram que você não desistisse! Por quê?



Kevin Campos
      PENSAMENTOS

Alguns pensaram em desistir. Outros fizeram que você não desistisse! Por quê?

        Porque não somos apenas um na evidencia da vida? Você já parou para pensar? Por que, um homem nasceu para apoiar o outro, alguns pensaram em desistir outros fizeram com que você não desistisse! E te motivaram em nível de vitória. Outros sem te conhecer lhe salvou, outros arriscaram sua própria vida por você. Mas por quê? É simples e natural como a água que sacia sua cede. Como um singelo pássaro, quando cantas todo amanhecer, não é só para si, e sim para você, para todos, que te contentes quanto cantas e poucos lhe houve, mas quem lhe houve o reconhece por seu espírito natural de bondade em lhe fazer feliz. Essa é a harmonia espiritual que Deus que nos presenteou o extinto, que vai além da sua força material, algo que vem dentro de ti, profundamente de uma herança que Deus nos concebeu, o seu extinto. A vida torna-se valorosa quando você aprende a lhe entender e, além disso! Ajudar alguém que por algum acaso precisa de você, das suas palavras, do seu sorriso, do seu amor. O seu desejo por vitória é excelente e motivacional, mas só tornará divino quando você desejar a vitória de outrem no qual você não conhece ou por simples ventura o odeia, pouco se vê isso em um homem, mas quando alcançado o caminho é um só, sentar-se ao lado de Deus, como um filho dotado de sabedoria e fidelidade no amor que o pai do céu nos ensinou. Levante-me sobre mim, faça-me sobre mim, faça da sua fé, o escudeiro do seu amor. 



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui