Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
Veículos-03-202
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



Geométricas-01-025
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > Inconfidente



João Victor Da Silva Sousa
      POESIAS

Inconfidente

 Vejam o barulho das armas,
Olhem os sons esquisitos
De uma guerra sem vencedor.
 
Ouça o estralar dos dedos,
Veja os sangues jorrando
De uma lei que nunca se fundou.
 
Observem as crianças, sem garantia de futuro
Escutem o berro delas, correndo por brincadeira
De uma bomba que espocou.
     
Leia os números imprecisos e a ciência verdadeira
Estude as mentiras feitas pelo fato
De alguém que nunca estudou.
 
Agora, olhe para o passado!
Feito por maiores vergonhas
De um lugar que nunca se habitou.
 
Neste momento, olhe para si, olhe para o outro e veja o acontecimento
As pessoas infelizes, a natureza destruída, a tecnologia com vida
De uma humanidade feita por robôs.
 
Assista às chuvas passageiras, se afogue na indecisão interna,
Navegue pelo oceano sem cor, acorde na cama e conclua:
‘’Vivo em um mundo cheio de dor!’’        
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui