Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
Sexo e Dança de Salão
Maristela Zamoner
R$ 41,90
(A Vista)



As muletas do...
Airo Zamoner
R$ 10,80
(A Vista)






   > A ÁRVORE DA MINHA RUA



Sidney de Freitas Barroso
      POESIAS

A ÁRVORE DA MINHA RUA

 A árvore da minha rua
Secou não existe mais,
Mas ainda está a tempo
De cobrir de verde a paz!

Plante uma na sua rua
Que eu vou plantar na minha;
Juntos, arborizaremos,
Ela não ficar sozinha.

A seca castiga as terras,
As chuvas destroem cidades...
Nós causamos tudo isso,
Cortamos nossa felicidade.

Água, rios e oceanos,
Amazônia do meu Brasil!
Quem cortou nossas árvores?
Ninguém sabe, ninguém viu...

O mundo te pede, amigo,
Que alivie sua dor,
Para que se tenha vida
Plante a semente do amor!

Verde que te quero verde,
Que representa a esperança:
É vida nova que renova,
Futuro e sonho de uma criança!



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui