Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
A Turma do Morro do...
Marcos Wagner Santana...
R$ 33,70
(A Vista)



Sonhos ao Vento
Maria Edna Holler de...
R$ 51,10
(A Vista)
INDISPONÍVEL




   > Gol de placa.



Roberto Villani
      CONTOS

Gol de placa.

                 Ronaldo, com camiseta azul, acomodado no sofá da sala, assistia ao jogo de futebol entre Azulões e Rubros. Campeonato estadual, disputa do título. Cervejas, guaraná  e batatinhas dispostas na mesa de centro.
                Juquinha, o filho de Ronaldo, 12 anos, fazia embaixada sobre o tapete da sala.              
              - Você ainda  vai fazer estragos com essa bola. – advertiu Ronaldo.
                O menino não lhe deu ouvidos. E num lance maravilhoso, chutou a bola de encontro a televisão. A bola atravessou a tela, voou sobre o campo e entrou no gol dos Rubros. O juiz apitou e indicou o centro do campo. E os Azulões venceram o torneio.
                - Pai, o juiz não viu que a minha bola é de borracha...
                - Vencemos, é o que importa.
- E eu perdi minha bola para sempre. – comentou triste.
                - Amanhã  te compro outra.



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui