Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
Bagunçando Brasília.
Airo Zamoner
R$ 30,50
(A Vista)



O vendedor de cocadas
Airo Zamoner
R$ 17,40
(A Vista)






   > Íntimo



Valentino Cabresto
      CONTOS

Íntimo

Inevitável... Do luxo à sensação insubornável da necessidade, do sentimento vazio à eterna incerteza íntima, era o que tornava o defecar a coisa mais humana, que mesmo após tal feito, um simples pedaço do que antes foi vida, agora: ignorava-se ao aborto da água corrente, num adeus do nojo que o script não lhe cabia.


Até, pelo jogar do papel surrado na cesta de um lixo, e o espirrar de um perfume pra disfarçar a verdade, até no abotoar das calças de puro fio, pensaria em sua própria sorte.


Civilizando-se na frente de um espelho, qual piscara os olhos para si, ele deixara o local deste conto, misturando-se a multidão fria e contente... Como se nada tivesse acontecido, desde aquele adeus, até um futuro presente.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui