Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2501)  
  Resenhas (129)  

 
 
R$ 25,00
(A Vista)



A Construção
Airo Zamoner
R$ 17,40
(A Vista)






   > Soneto Dominical



Brendow Henrique Godoi de Nogueira
      POESIAS

Soneto Dominical

 Soneto dominical
 
Eis que me perco na curta distância
E suspiro pelos cantos, de pura saudade;
Como velho e doce amor de infância;
Arrebatou-me, deixando-me só metade;
 
E desde então, violão, amargura e poesia;
E desde então, esse sorriso que fascina;
E desde então, amor, loucura, melancolia;
E desde então, minha linda, minha menina;
 
Queria que eu dela fosse, e vice-versa;
Ser dono do beijo doce, da voz singela;
E na insensatez de Eros, ser criatura submersa;
 
Uma desvairada? Recatada? Donzela?
Talvez perturbada? Linda, outrora e amiúde;
É, é seu meu coração, e que Deus me ajude!
 
 
 
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui