Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
Os Egmons
Airo Zamoner
R$ 40,40
(A Vista)



Contradições
Marcos de Sena Pereira
R$ 30,50
(A Vista)






   > Sou uma cópia do que faço



Wal Brasil
      PENSAMENTOS

Sou uma cópia do que faço

“Eu sou uma cópia do que faço.”

Eu estou vivo, isso é um fato. Porém, se o que me faz vivo é uma energia, então eu sou algo a mais além do meu corpo físico.
Enquanto estou vivo, enquanto permaneço nesse momento, compartilhando experiência com várias outros seres vivos, sejam pessoas ou a grande maioria viva (muito maior em população que humanos); enquanto eu experimento tudo isso, eu permaneço em constante aprendizagem, é inevitável: “vivendo e aprendendo”.
 
Minha mãe uma vez me disse: “Ser feliz é uma arte”.
 
Ela estava dizendo no contexto de que todos nós vivemos, alguns são felizes e outros não.
 
Eu já digo que ninguém é 100% feliz.
 
Sempre há algo que te preocupa, ou que te irrite, seja um problema financeiro, ou pessoal; sempre há algum detalhe atormentando a vida de qualquer um, seja rico ou pobre.
 
Eu gosto de seguir o ensinamento do Filósofo Epicurus, ele viveu em 250 a.C., imagine como era aquele tempo.
A respeito da felicidade do homem, ou seja, o que o faz plenamente feliz, são três itens:
 
 1- Amigos
Amigos são como irmãos, eles se entendem, se amam e compartilham ideias iguais, mas sempre com controversas para que um possa aprender com o outro.
Dessa forma somos amados e amamos uns aos outros.
Se não podemos fazer com todos a nossa volta que seja com a família, com os seus verdadeiros amigos.
Colegas temos vários, mas amigos poucos, ou nenhum o que te deixa isolado e só.
 
2- Liberdade
Esses dois terços para a felicidade é muito confundida com o dinheiro.
Muitas pessoas acreditam que dinheiro traz Felicidade, e isso não é verdade, o dinheiro traz Liberdade.
Se dividíssemos a liberdade em 10 partes, o dinheiro poderia ser 6 dessas parte, ou seja 60% da liberdade (em países capitalistas).
Há diversas formas de ser livre e muitas mais de se prender.
Muitas pessoas religiosas fervorosas, não usam a razão para entender Deus, entender como a vida funciona.
A Bíblia, por exemplo, não é para seguir ao pé da letra, mesmo porque ninguém consegue compreender por completo, a maioria das pessoas que rezem o pai nosso, repete uma porção de palavras repetidas, e cerca de 50% ou mais dessas pessoas se quer entendem o que significa dizer aquelas palavras.
Muitas outras vão a Missa e se quer entendem o que o Padre fala e ao sair da Missa acaba se estressando no trânsito com o irmão que erra, ou que te rouba.
Há milhões de forma de mentir, ser hipócrita.
“Faça o que falo mas não faça o que faço.”
As pessoas que se prendem a ideias, se prendem a conceitos religiosos ou mesmo sociais acabam se prendendo ao “normal”.
A maioria das pessoas se preocupam com os outros, “nossa, o que vão pensar” se eu fizer isso ou aquilo?
Vivem em função dos outros, esquecem de se olhar no espelho e ver que é perfeito, ou olhar para o céu e ver que estamos dentro do mesmo sistema, que chamamos de Planeta.
Se dê a Liberdade de fazer o que quiser, com quem quiser, ou qualquer lugar que seja, você é livre.
“Faça o que tu queres pois é tudo da Lei”
Seja livre para pensar e agir como quiser, nós temos o livre arbítrio o que nos diferencia muito dos outros seres vivos desse Planeta.
 
3- Autoconhecimento
No meu ponto de vista essa terceira parte é a mais importante e mais difícil de se alcançar.
É necessário se conhecer para ser plenamente feliz.
Todos nós temos uma voz interna, como se alguém falasse com a gente o tempo inteiro. Não estou falando do pensamento, e sim de uma voz mais sutil aquela que vem do peito.
A voz dentro de você é um guia, ela escolhe o que é melhor para você, eu costumo dizer que é Deus falando com você. Eu sou Sua parte isso é fato, só sou um ser vivo pensante, porque era pra Ser assim.
 
Vou tentar explicar, do meu ponto de vista, o que essa “voz”:
 
O que você sente quando pensa em comer carne humana?
Nojo?
Creio que sim.
Você jamais faria isso num momento corriqueiro da sua vida, como num domingo decidir fazer um churrasco. Jamais faria isso. Você sente que não deve.
Esse é um exemplo óbvio, o que sente é bem presente, a rejeição. É parte de você.
Mas isso que sentiu é mais ou menos o que você pode fazer para “ouvir” e compreender a sua voz.
 
Confie sempre em si mesmo. “Quem acredita sempre alcança”
 
Eu costumo analisar os o porquê do curso de medicina ser o mais concorrido. A maioria das pessoas não pensa em fazer medicina porque quer ajudar os outros, porque sente que tem que ajudar os outros; a grande maioria, escolhe ser médico por status, dinheiro, etc.
Eu digo, se quiserem ser pedreiro, mecânico, ser músico, ou professor, ou qualquer outra profissão má remunerada socialmente falando; escolha com o coração não com o ego.
 
Esse é um exemplo mais sutil, do que praticar canibalismo.
 
Com o autoconhecimento você irá se entender, irá fazer escolhas que te levarão a Felicidade Plena.
 
Eu posso dizer que sou feliz profissionalmente, e monetariamente.
Sou feliz fazendo o que faço.
Sou feliz vivendo a minha vida.
Não posso dizer ainda que sou 100% feliz, porque somente com a felicidade da população, de todos os seres, de todos nós eu poderia ser plenamente feliz.
Se você não é feliz eu também não sou, quando é que todo mundo vai perceber isso?
Vamos ser livres de pré-conceitos, rótulos, julgamentos de todos os tipos: sociais ou religiosos.
 
“Ainda que eu falasse a língua dos homens e falasse a língua dos anjos sem amor, eu nada seria.”
 
por
Wal Brasil





 



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui