Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (655)  
  Contos (940)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2507)  
  Resenhas (129)  

 
 
A arte de escrever,...
Airo Zamoner
R$ 49,80
(A Vista)



Geométricas-01-025
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > Terminando



Helena
      ENSAIOS

Terminando

 E terminada a limpeza de paredes, portas, janelas e chãos, sai do seu estado de limpar em volta e quer limpar a si mesma.

Coloca os pés no chão frio e ali vem um alívio por sentir a pele dos pés tocar um chão limpo. Arranca a camiseta, libera os seios, joga longe o sutiã que tanto segurava, abaixa o short, retira e joga longe a calcinha.

Assim livre, entra sob o chuveiro recebe sobre si a água fresca que deixa descer sobre tudo nela, entrando nos cabelos, descendo sobre o rosto, percorre o corpo, desce entre os pelos que agora ela quer que saiam. Faz com que eles se desprendam, quer tudo suave, liso, macio, desliza o sabonete em cada pedacinho de pele, em cada dobrinha lisa e se sente limpa.

O corpo quente, molhado, cheiroso, encosta no azulejo frio, limpo e escorrega descendo e sentindo nas nádegas a delícia do contraste e ali se entrega, sente o chão frio possuindo as coxas, as nádegas, a cintura, as costas, vai ensaboando onde o frio não toca e o calor abre, onde persiste a umidade quente.

Ali se entrega, ali viaja, se alonga, se liberta e ali se lembra e lembrando estremece.

Estremecendo assim, até o fim...

Relaxa como merece.



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui