Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (653)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2504)  
  Resenhas (129)  

 
 
Ruínas-01-110
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



Estátuas-02-161
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > A libertação de Rapunzel



Jennifer Melânia de Abreu Fernandes
      POESIAS

A libertação de Rapunzel

A libertação de Rapunzel
 
Na torre crescia os cabelos da moça
Crescia também sua angústia e medo
Via monstros a persegui-la em pesadelos
A fresta da janela trazia claridade
Seus olhos piscavam de terror
Tinha pavor em suas entranhas!
Ali no seu mundo pequeno
Não entendia tantos sentimentos
Torcia os dedos e roia as unhas
Falhou o instinto da curiosidade
A moça não pretendia fugir
Desejou trancar-se cada vez mais
Não sorria, não falava; só chorava
A bruxa: espantou aos berros
Ensandecida a mente, perturbou-se
Definhou tanto até que a morte
Sorrindo a levou...
Os cabelos lhe serviram de mortalha
Corpo esquelético e pequeno
Rapunzel se libertou!
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui