Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2501)  
  Resenhas (129)  

 
 
Biologia Ambiental
Maristela Zamoner
R$ 97,80
(A Vista)



O HOMEM RELIGIOSO
Luis Carlos Lemos da...
R$ 28,00
(A Vista)






   > Caleidoscópio da ilusão



Everton Adriano da silva
      CONTOS

Caleidoscópio da ilusão

Ando
chego
até o ponto
mas aonde está o ônibus?
preciso esperar

- Você tem horas?
- Não!
- Mas posso vê-las em seu rosto
- Como?
- Sim, posso ver em seus traços o tempo que já decorreu
- Você é louco?
- Louco?
- Isso, louco!
- A loucura não é privilegio de apenas um homem, quer compartilhar comigo?

Silêncio:

Cigarros
acendo
trago
fumaças
cinzas.

- Nossa como existem pessoas estranhas neste mundo.
- Todo mundo procura alguém com quem compartilhar
suas loucuras particulares.
- ahahahaha! você é engraçado
- Agora sou engraçado?
- sim, muito!
- Mas tudo que sinto é uma ausência, não há sorrisos na ausência.
- Olha moço, só quero esperar meu ônibus, não estou afim de papo.
- Mas a vida já é uma grande espera, do nada, não tenha presa.

Silêncio:

Cigarros
acendo
trago
fumaças
cinzas.

- Lembro que meu pai me dizia: se você cavar um buraco bem fundo, você chegara na china.
- ahahahahaah! porque está me contando isso agora?
- Porquê é triste crescer e descobrir que para chegar em qualquer lugar precisamos de dinheiro.
- Você realmente é engraçado hahahhahah!
- Estava pensando, porque nos contam essas coisas?se afinal vamos ter uma vida medíocre.
- Como assim?
- Contam essas mentiras nossas vidas inteira, na escola falam que podemos mudar o mundo, ai crescemos e temos empregos que não gostamos, e por fim
nos prometem um céu se formos bonzinhos, apenas mentiras e mais mentiras.
- Parece que você não teve um bom dia
- E quando foi que houve um bom dia?
- Meu dia também não foi bom
- Percebi, vi você chorando de longe.
- Mas como? não havia ninguém aqui, eu não vi você!
- Eu sei, sou uma fotografia desbotada.
- ahahahahah! você me fez rir mais uma vez, a dias que não dou risadas.
- Fiquei ali imaginando o motivo do seu choro, talvez fosse o mesmo motivo pelo qual chorava também.
-E qual era o seu motivo?
- A solidão do subsolo
- Lavem você, filosofar, você é estranho, mas é fofo!

Barulho de motor
freio
cheiro de pneu queimado
A porta se abre!

- Tachu! melhoras moço
- Melhoras para você também,mas posso ir com você?
- Mas esse é seu ônibus?
- Não!
- Então porque quer ir?
- Porque acho que encontrei meu caminho.
- Bom.... não posso impedi-lo

 



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui