Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (653)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2504)  
  Resenhas (129)  

 
 
Arquitetura-01-263
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



Alerta das Estrelas
Francisco Ederaldo...
R$ 77,70
(A Vista)






   > O fim do mundo (Prólogo)



Mgpmelo
      ENSAIOS

O fim do mundo (Prólogo)

                                                               Prólogo
 
                O mundo enfim acabou.
                Está errado.
                O mundo enfim acabou, ou melhor, parte dele.
                Antigamente diziam que para o fim do mundo havia muitas teorias e a principal era que talvez o sol um dia explodiria e colocaria um fim em tudo, ou que talvez assim como tudo começou com uma explosão que iria se acabar da mesma forma, mas aposto que não sabiam (Talvez desconfiassem e resolveram ignorar) que a mais que parecia ridícula foi a que realmente aconteceu.  
                Quem dera que tudo tivesse acabado com uma explosão, quem dera que o sol tornou-se um buraco negro e engolirá o planeta terra, quem dera que Deus resolverá ressaltar os justos e o apocalipse ou algo do tipo que as religiões antigas pregavam realmente acontecesse, quem dera que fosse um maldito meteoro que colocasse o fim em tudo, por que assim teríamos certeza que a raça humana jamais voltaria a existir, ela enfim seria extinta junto aos seus podres e egoísmo, junto ao seu passado e ao seu futuro vergonhoso, mas não, cometeram um péssimo erro e todos nós ainda existimos talvez pior que antes, que parando para pensar parece ser meio impossível.
                Entretanto eu gostaria que tudo enfim tivesse acabado, por que para as pessoas dessa nova geração, não temos esperança alguma, tudo que restou para nós, foi apenas fome, desespero e morte, os mais velhos falam que os humanos voltaram à estaca zero novamente e não sabem para onde seguir, até sabem, porém tudo parece escuro demais, violento demais, sangrento demais, mas o que é mais injusto é que há pessoas que vivem diferente da gente que jamais conheceu o mundo que vivemos, os ricos ainda dominam tudo, são poucos, porém os que existem são mesquinhos, idiotas e ignorantes, tudo aqui parece a sociedade de antigamente apenas muito pior.
                Enfim gostariam de saber como tudo ficou assim? Então irei contar o que aconteceu, ou o pouco que sei, as coisas que minha vó me disse e que os mais antigos até hoje confirmam.
                Estamos no ano de 2070 e não nos resta muita coisa ao menos para os pobres, para onde quer que você olhe só tem fome e miséria, os mais velhos morrem por doenças e os mais novos morrem em guerras, roubos e coisas sem sentido, mas eu já expliquei isso, então vamos ao mais importante.
                Irei contar a história de como tudo terminou.
                Era na metade de 2020, ocorria uma pequena guerra pelo material mais precioso naquele tempo o petróleo, estava ficando escasso e todos brigavam pelo pouco que restava, todos os países estavam envolvidos sem exceção, todos eram egoístas, todos queriam mais e mais.
“- Parecia que as coisas nunca iam terminar - Minha vó dizia. -  Temia a cada dia, mas não imaginaria que as coisas fossem acontecer de tal forma”.
                Quando ela relata como tudo aconteceu eu fecho os olhos e imagino o mundo parando por um minuto, imagino as pessoas que trabalhavam, crianças que estudavam e tudo corria normalmente, imagino vários aviões passando por cima de alguns países silenciosamente, os pilotos com apenas uma missão naquele dia....  Matar. Vejo-os fechando os olhos e apertando o botão, todos fazem a mesma coisa ao mesmo tempo e mais uma vez o mundo para por um segundo... Bombas caem do céu, a morte está preparada para mais um trabalho difícil, o mundo anda e tudo que se vê naquele momento em minha mente é morte...
                Os prédios em chamas o céu em um vermelho vivo (talvez aquela seja a cor preferida da morte), pessoas correm desesperadas procurando uma salvação (Mas não há salvação) , crianças que choram sem saber ao certo o que aconteceu, aliás ninguém naquele momento sabe e foi assim que parte do mundo se acabou de forma simples e quase rápida, talvez tenha sido mais de um minuto que isso aconteceu, mas os danos se estendem até hoje, a humanidade continua a existir, todavia tão mais desonrada que antes, minha vó tem razão acho que voltamos à estaca zero, afinal o que importa em 2070 é apenas sobreviver, enquanto a fome e a morte nos cerca completamente.
 
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui