Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
Sobre gatunos e...
Erasmo Júnior de Melo...
R$ 49,60
(A Vista)



Os filhos di dora
Carlos Augusto Vieira
R$ 67,40
(A Vista)






   > Quando o vento parar...



Elisabeth Silva de Almeida Amorim
      POESIAS

Quando o vento parar...

Quando o vento parar...

 

Estarei aqui

No mesmo lugar.

 

Quando o vento parar...

 

Talvez eu tenha mudado

Talvez eu queira ficar.

 

Quando o vento parar...

 

Não precisarei agarrar minha saia

Você não terá para onde olhar.

 

Quando o vento parar...

 

Darei o meu melhor sorriso

E em seu braços irei buscar.

 

Quando o vento parar...

 

Acalmarei o seu medo

E em sua mão irei segurar.

 

Quando vento parar...

 

Não terá mais desculpas

Logo virá me encontrar.

 

Quando o vento parar...

 

Subirei para o céu

Para uma estrela pegar.

 

Quando o vento parar...

 

Quando o vento parar...

Quando o vento parar...

 

Parou? Parou.

Agora só nós dois.

E o sopro do amor.

 



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui