Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
Paisagens-01-012
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



O testamento vital no...
Isabela Maria Marques...
R$ 30,80
(A Vista)






   > A VIAGEM



Luiz C. Lessa Alves
      CRôNICAS

A VIAGEM

            A VIAGEM
 
            Amanheci decidido a fazer uma viagem,a fim de conhecer países, cidades; outras pessoas de hábitos e costumes diferentes dos meus: gente sábia e interessante.
            Fui, então, a uma banca de jornal e comprei a revista Super Interessante. Não optei pela Veja; eu pretendia visitar outros países, com esta eu não conseguiria sair de casa. A Época nem cogitei, porque com ela eu morreria sufocado em Brasília ou asfixiado nos bastidores da Globo.    
            Em casa, arrumei a bagagem. De passagem em mãos, sentei no sofá. Ali, tomando um cafezinho, parti para minha aventura. Em pouco tempo eu já estava diante da figura notável do Doutor Miguel Ângelo Laporta Nicolelis, brasileiro que reside nos E.U.A.; grande neurocientista e pesquisador. Foi daí que eu fiquei sabendo da nova técnica cirúrgica baseada na estimulação elétrica da medula espinhal. Este é um novo tratamento potencial para pacientes com Mal de Parkinson e que pode influenciar, também, o tratamento de outras doenças.
          De repente, me surge uma sonolência, obrigando-me a interromper a viagem, bem antes de ver tudo que eu havia agendado.
Resolvi, então, abri as cortinas da minha aeronave e olhar pela janela, na vã ilusão de ver outras pessoas ou algo que fosse também interessante; qualquer coisa que a mim viesse somar. Mas nada de bom assisti, somente, casos corriqueiros e banais sobre violência, crime, polícia, política... Ttudo que só empobrece o intelecto da gente. Isto me deu enjoo. Então, deixei o sofá, tomei mais um cafezinho, e fui até um mercado comprei provisões para de noite ir à praia de Grumari pescar.   


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui