Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
Dança de Salão, a...
Maristela Zamoner
R$ 36,60
(A Vista)



SÓCRATES: o filósofo...
Kairon Pereira de...
R$ 26,80
(A Vista)






   > Absmo razo



Alexandre Carrara
      POESIAS

Absmo razo

A complexidade de uma vida simples,
As diferenças igualitária das raças,
O abismo raso que é a religião.
A noite claro o dia escuro.
Uma flor sem cheiro. 
Um Sorriso sem dentes.
Indecentes bem vestidos, 
investidos.
Mundo digital sem teclas,
Em um colorido preto e branco.
Luzes, luzes que ofuscam os caminhos,
Caminho dos peregrinos sem pés, 
sem pás.
Guerra da paz, guerra santa.
Santa hipocrisia e tanta arrogância.
Ignorância.
Canto mudo, Olho Ceco...
canta, canta, canta.


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui