Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (653)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2504)  
  Resenhas (129)  

 
 
Memórias do Velho...
Heráclito Júlio...
R$ 37,70
(A Vista)



Contos de Curitiba
Airo Zamoner
R$ 36,50
(A Vista)






   > Soneto – ”Sofrimento Prematuro”



Paulo Ademir de Souza
      POESIAS

Soneto – ”Sofrimento Prematuro”

             Tão jovem e bela, destila seu vigor em tentação,
Desperta sonho, desejo, paixão... Uma musa,
Em meio à vaidade, descobre sabores; e abusa!
Desfez-se da donzela, n´uma aventura de verão.

 
Lá ficou a razão, porque cá sobrou emoção
No descaso da noite, pôs-se desnuda
Sensação ardente, n´uma atuação sexual confusa
Assim se foi... Sem saber qual o perdão.

 
O tempo correu... Sobraram noites: enjoada e febril
N´um outono enxuto e frio, murcharam as flores de abril
No ventre imaturo, brotou uma semente fraterna.

 
Então, veio de fato um ato demente!
Arrancado abrupto! Um fruto inocente


Agonizando à morte, para uma vida eterna.



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui