Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
Contradições
Marcos de Sena Pereira
R$ 30,50
(A Vista)



Genealogia de...
Ana Maria Silva Lopez
R$ 47,30
(A Vista)






   > Melancolia



Abraão Leite Sampaio.
      POESIAS

Melancolia

Melancolia

 

Vá... distancie-se de mim
Este abstrato quer me sugar...
Caminhe... 
busque outro corpo para se alojar.

Comigo não terás colo, 
meu mundo é dos sonhos.
Tenho constante companhia, 
em piscar de olhos entro em fantasia.

Não há lugar... tampouco sintonia 
A este “malévolo” substantivo
 em uma mente que cria.

Não entra em concordância
Com o entrelace das palavras 
É um inibidor de ação
Empurra corpo e alma à prostração.

Para esquivar-me desta apatia  
Recosto-me... recreando-me
 em minha amada poesia 

Nela... 
busco traços que me trazem positiva lembrança
Nino os versos... 
que me cobrem de esperança.

À tristeza... tenho o contraveneno
 Viajo em versos
Indo a todos os cantos do universo.
     
                              Abraão Leite Sampaio



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui