Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
O gatinho e o velho...
Airo Zamoner
R$ 10,80
(A Vista)



Sobrevivendo da...
Marilia Zamoner
R$ 66,90
(A Vista)






   > SOU POETA DAS ÁGUAS



beneditocglima
      POESIAS

SOU POETA DAS ÁGUAS

Sou Poeta das águas
Que correm silentes
Cortando a Planicie pantaneira
Viajo no vôo da passaradas
E a Minha canoa desenha nas curvas do rio
A trilha do Pescador pantaneiro
Por isso o meu canto
Quebra o encanto 
Sou Poeta das àguas achocolatadas.
Se eu pego o berrante
Num instante faço a boiada agrupa-se
E o meu alazão disputa com o raio
A ligeireza
Enquanto o jacaré-tronco-dormente se espreguiça na areia.
O dia é um verso do menestrel
Que desagua  no sorriso da morena
Tão cheia de graça.
Sou Poeta das Àguas
Não tenho mágoa da vida.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui