Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (638)  
  Contos (932)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (638)  
  Poesias (2491)  
  Resenhas (129)  

 
 
Abstrato-02-600
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



O RETORNO DE SORAIA
José Sodré de...
R$ 52,30
(A Vista)






   > SOU POETA DAS ÁGUAS



beneditocglima
      POESIAS

SOU POETA DAS ÁGUAS

Sou Poeta das águas
Que correm silentes
Cortando a Planicie pantaneira
Viajo no vôo da passaradas
E a Minha canoa desenha nas curvas do rio
A trilha do Pescador pantaneiro
Por isso o meu canto
Quebra o encanto 
Sou Poeta das àguas achocolatadas.
Se eu pego o berrante
Num instante faço a boiada agrupa-se
E o meu alazão disputa com o raio
A ligeireza
Enquanto o jacaré-tronco-dormente se espreguiça na areia.
O dia é um verso do menestrel
Que desagua  no sorriso da morena
Tão cheia de graça.
Sou Poeta das Àguas
Não tenho mágoa da vida.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui