Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (653)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (204)  
  Pensamentos (643)  
  Poesias (2504)  
  Resenhas (129)  

 
 
Depressão na...
Josiane Rosa Campos
R$ 31,70
(A Vista)



O SEGREDO DA PEDRA AZUL...
JORGE ANDERSON SILVA
R$ 56,10
(A Vista)






   > ESTOU À SUA ESPERA



beneditocglima
      POESIAS

ESTOU À SUA ESPERA

Aqui sentado na calçada
da Rua da Solidão
Deixo o meu pensamento vagar
Entre as linhas do meu sofrer
Enquanto a Lua Minguante
Desconfiada nem aparece
Nas fímbrias de minha prece
E assim desolado,
Um pobre Poeta
Caminha na réstia da fumaça que passa
Por sua imaginação.
Mesmo assim aindaa estou à sua espera,
Pois sei que voltará.
Então nesse dia,serei o cara mais feliz
Os pássoros vão cantar sua melodia
Enquanto a  Poesia se transcreve nas nuvens.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui