Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (655)  
  Contos (940)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (645)  
  Poesias (2513)  
  Resenhas (130)  

 
 
De escravos a livres
Itamar paulino de...
R$ 27,20
(A Vista)



Ruínas-02-116
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > Versos Xucros



beneditocglima
      POESIAS

Versos Xucros

Meus versos  xucros
Galopam no alazão da saudade
E na planície do existir
Tenta apagar um sonho febril
Juvenil tentáculo de um amor
Cuja lembrança pesou na balança
tosca do passado.

E sem bússula
Sai
Bebi a água da amargura
Fiquei perdido
Já sem ternura
Um barco  vagar
E a Lua clara
No céu azul
Me olhava silente.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui