Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (655)  
  Contos (940)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2521)  
  Resenhas (130)  

 
 
Poética do Caos
Nilza Amaral
R$ 39,70
(A Vista)



Estátuas-02-161
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > Taça de Amargura



beneditocglima
      POESIAS

Taça de Amargura

Eu bebi sem querer toda taça
Com raça
E sem, medo
E descobri o segredo
Era a taça da amargura
Por  causa dessa desventura
Cai num abismo
E hoje louco eu cismo
Na busca de um Amor de outrora
Que se perdeu nas fíbrias
Do passado,
Ah se o tempo pudesse voltar
Eu quem sabe  tomaria um outro rumo..
E a minha vida sofrida
Seria um novo alvorecer
Quando então as cordas do existir fossem tocadas pelo  Destino
E eu menino sonhador
Me tornaria um trovador.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui