Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
Veículos-03-202
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



R$ 46,40
(A Vista)






   > buena dicha?



Tânia Gabrielli-Pohlmann
      CONTOS

buena dicha?

Um menino de profunda beleza ouvia sempre sua mãe dizer que o destino, impresso nas linhas das mãos, comandava o rumo de tudo e de todos, sem permitir alternativas.
A idéia de viver sob o jugo de monstro tão atroz, transformou-o num menino angustiado e tristonho.
Certo dia, vasculhando velha prateleira, deixou cair um livro encantado. Curioso por seu aspecto incomum, abriu-o ao acaso e leu uma nota dos autores:

“Não houve tempo para esboçar a capa e o desfecho desta obra.
As fadas todas fugiram pelo prefácio, em busca de histórias reais, e os príncipes, coitados, por desvalorizados castelos do medo, perderam-se na floresta da ironia, sem ao menos descobrirem a fórmula mágica para camuflarem-se em sapos.
Perdoem a falha do destino...”
O menino, ao recordar o que sua mãe dizia, olhou as palmas de suas mãos e sorriu, tranqüilo...


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui