Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
Educação Ambiental na...
Maristela Zamoner
R$ 29,50
(A Vista)



DUBLE - A um passo em...
Guilherme Augusto...
R$ 49,60
(A Vista)






   > PLANTEI UM CANHÃO NO MEU JARDIM (Luc Ramos)



Luc Ramos
      POESIAS

PLANTEI UM CANHÃO NO MEU JARDIM (Luc Ramos)

  

PLANTEI UM CANHÃO NO MEU JARDIM  (Luc Ramos)

  ANTIGAMENTE EU TINHA,PLANTADO NO MEU JARDIM,

ROSAS, CRAVOS E AZALÉIAS,MARGARIDAS E CAMÉLIAS,BROMÉLIAS E JASMIM. 

AGORA TENHO UM CANHÃO, APONTADO NA DIREÇÃO DE QUEM CHEGA PERTO DE MIM. 

 HOJE JÁ NÃO TENHO MAIS TEMPO DE SENTIR A BRISA E O VENTO,

SOPRANDO NO VERDE DAS FOLHAS, PORQUE A VIDA EXIGE E QUER ASSIM AGORA SÃO TÃO

  POUCAS AS ESCOLHAS PARECE QUE TUDO TÁ CHEGANDO AO FIM.  

OS ANIMAIS, ESTÃO EM DESALENTO.OS PEIXES,NO RIO ENVENENADO.

AS AVES, CANTAM SEUS LAMENTOS.O HOMEM,AGORA ESTA CONDENADO,

PONDO FOGO NO CAPIM,

PENSANDO ESTAR FAZENDO CERTO.UM DIA VAI FICAR TUDO DESERTO,PORQUE NÃO SE FAZ MAIS ASSIM! 

E A AGUA, QUE SEMPRE SOBRAVA.QUE AO LÉU SE GASTAVA,AGÓRA ESTA FALTANDO.

A AGUA, QUE NINGUÉM PRESERVAVA, POR ELA AGORA ESTÃO SE MATANDO.                                        

                                         ---------.   



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui