Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2529)  
  Resenhas (131)  

 
 
CICLO
Airo Zamoner
R$ 17,80
(A Vista)



R$ 55,70
(A Vista)






   > Distância



Arlete Meggiolaro
      POESIAS

Distância

Distância...

 

Minh’alma céu nublado,

as estrelas se escondem para o choro copioso.

O intimo encharcado se lança no alagado

na tentativa de se livrar da dor do amor,

por ora, lancetado

pela lança envenenada da distância.

Evolui a ânsia  de te ter.

 

No imo Thor açoita!

Estremece o corpo com o estrondo do trovão.

O som, com a vibração,

trinca o cerne tão igual ao cristal.

O tom rouco e sufocado

desprende da garganta do destino.

 

Dor, dor!...

O tino se perde oprimido,

choro compulsivo.

Tenho para ti o universo repleto de amor,

mas a distância malquista, intrometida,

passa carvão na cara e se diz sina!...

 

Não, não maluca desvairada,

doida mal amada,

Eros, com o poder do Amor,

 vencerá e a esmagará,

seus destroços serão lançados no fogaréu.

 

Resplandecerá o céu!

Em nós o  cintilar das estrelas

brincando no magistral

carrossel celestial.

 

No apogeu o

Amor Inteiro

do desjejum ao desjejum!

 

O  Elo

do

Amor,

dará a

Nossa vida

a Eterna beleza da

Aurora!...

 

© Arlete Meggiolaro

 

(livro editado pela Editora Protexto - ORVALHO D'ALMA)

( poema formatado em www.orvalhodaalma.como.br)

 

 



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui