Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2529)  
  Resenhas (131)  

 
 
Sonhos ao Vento
Maria Edna Holler de...
R$ 51,10
(A Vista)
INDISPONÍVEL

Preto no Branco - Verso...
Levi Beltrão
R$ 44,50
(A Vista)






   > Deixe-me te amar



Arlete Meggiolaro
      POESIAS

Deixe-me te amar

Deixe-me te amar

 

 

Deixe-me te amar

sob o sol dos teus desejos,

sob a relva do teu olhar,

sob a enxurrada do louco amor,

sob o risonho esplendor dos seus sonhos

sob o embevecer da brisa do teu querer.

 

 

Deixe-me te amar

com teus feitos e defeitos,

com tua quietude e plenitude,

com tuas atitudes e virtudes,

nas tuas tristezas e destrezas

na clareza da tua vida

no anoitecer do teu ser.

 

 

Deixe-me te amar

como tu és na totalidade,

na tua intimidade capital.

 

 

Deixe-me te amar

como o medalhão ama o colo,

e com a graça e ferocidade de um felino.

 

 

Deixe-me te amar

tal qual um beija-flor ama um jardim florido.

 

 

Deixe-me te amar...
Tu és e serás,

na mina vida,

para todo o sempre,

o manjar do deuses;

eu derramo sobre ti

a cristalina calda

do meu Resoluto Amor Absoluto.

 

 

© Arlete Meggiolaro

formatado

http://www.orvalhodaalma.com.br/modules/textos/item.php?itemid=261

*



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui