Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2526)  
  Resenhas (129)  

 
 
Ruínas-03-332
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



Conquistas,apenas uma...
Itiel Monteiro de...
R$ 26,80
(A Vista)






   > CASTIGA-ME (Luc Ramos)



Luc Ramos
      POESIAS

CASTIGA-ME (Luc Ramos)

            CASTIGA-ME   (Luc Ramos) 

NÃO GUARDA SÓ PRÁ VOCÊ, NEM TRISTEZA, NEM PRAZER.

DIGA PRA MIM, EU TAMBEM QUERO SABER, O PORQUÊ,DESSA LAGRIMA SOLITARIA QUE ESTÁ EM SEU ROSTO, A CORRER.

NESSE ROSTO LINDO QUE ABRIGA OLHOS TÃO BELOS...QUE NORTEIA MEU RUMO, NOITE E DIA.E ESSE CORPO? AH, ESSE CORPO, MEU PORTO, MEU RECANTO DE ALEGRIA. ONDE SINTO QUE A VIDA, SEM VOCÊ NÃO EXISTIRIA. 

NÃO GUARDA SÓ PRA VOCE, SE MAGOAS LHE CAUSEI SAIBA MEU AMOR, JAMAIS SEQUER IMAGINEI,FAZER SOFRER A QUEM TANTO AMO.  

SE QUANDO ALGO EM MIM DOI, É VOCÊ QUE EU CHAMO.POR FAVOR, QUE DUVIDA TE RÓI, POR FAVOR, TE CLAMO.

NÃO GUARDA SÓ PRA VOCÊ, MEU AMOR, ESSE DISSABOR,EU PRECISO SABER,POIS, SE TE FIZ SOFRER, CASTIGA-ME, QUERO MORRER.                      

                        --------------.



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui