Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (651)  
  Contos (939)  
  Crônicas (730)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (202)  
  Pensamentos (640)  
  Poesias (2496)  
  Resenhas (129)  

 
 
Genealogia de...
Ana Maria Silva Lopez
R$ 47,30
(A Vista)



Dança de Salão, a...
Maristela Zamoner
R$ 36,60
(A Vista)






   > As crianças e seus pensamentos...



Aaron kamo
      INFANTIL

As crianças e seus pensamentos...

História Infantil:  As crianças e seus pensamentos...  Joãozinho era um menino muito inteligente... mas a sua maneira de pensar, dividia seu pensamento quando solicitado, quando alguém pedia a sua ajuda ele falava as pessoas o que pensava e assim dava a sua opinião sempre que possível...Joãozinho tava com 11 anos e seus pais muito religiosos resolveram matricular Joãozinho na catequese católica a fim de aprender noções de trabalho, vivência na sociedade, respeito aos idosos, e respeito a instituição sagrada que é a família...Joãozinho era muito peralta, diziam na escola que era imperativo a psicóloga da escola dona Dirce disse aos pais de Joãozinho que ele era um menino imperativo com múltiplas habilidades e que se saia bem em todo tipo te tarefa proporcionado pela escola São Sebastião no bairro Rio Verde...Mas Joãozinho gostava mesmo era de desenhar pessoas, vivia desenhando as professoras na escola e seus colegas mais amigos, então por esse motivo a psicóloga da escola disse aos pais de Joãozinho que ele podia ser um padre ou pastor no futuro ou mesmo um médico e trabalhar com pessoas, já que gostava tanto de desenhar pessoas com uma riqueza de detalhes, fazia cada um de uma forma diferente, desenhando com detalhes incríveis mesmo, fazia roupas para as pessoas, acessórios, e tudo mais...Por esse motivo Joãozinho foi para a catequese então, chegando lá em uma reunião a catequista os acolheu seu nome era Jacira ela era muito magrinha, mas tinha um coração do tamanho do mundo, pois ensinava com muita fé e devoção as crianças a orar a sua Vida e ser boas as pessoas sempre...Jacira a catequista saudava a todos pela manhã e pedia a cada dia diferente que alguém fizesse uma oração de saudação na manhã, e assim todos os domingos cada criança fazia sua oração...Um dia a catequista Jacira perguntou a Joãozinho:Joãozinho o que é Deus para você ? E Joãozinho respondeu muito rápido para mim Deus é um pé de guanxumas professora, a professora na hora ficou meio em dúvida, mas continuando seu ofício e respeitando a opinião de seu discípulo pediu aos alunos uma salva de palmas a Joãozinho e desejou um bom dia de catequese e pediu para ler uma nova página do livrinho de catequese da igreja naquele dia cantaram muitos cantinhos religiosos...A catequista foi pra sua casa com a resposta de Joãozinho na cabeça no domingo seguinte a Catequista Jacira perguntou novamente a Joãozinho:Mas porque você acha que Deus é um pé de guanxumas Joãozinho ? E Joãozinho prontamente explicou seu raciocínio: bem catequista e colegas Deus é bom e misericordioso com todos e não quer o mal na terra e uma vez vi uma senhora muito linda varrendo o chão com uma vassoura de guanxumas aí pensei Deus deve querer tudo limpinho para ser bem habitado, quer que o mundo fique bonito para ser habitado e a vassoura de guaxumas está limpando o chão para eu pisar então: Deus pra mim é um pé de guanxumas... E eu não arranco na minha casa os pés de guanxumas, se a senhora perceber catequista Jacira tem até umas florzinhas pequenas muito singelas e Deus pra mim é esses pés de guanxumas no fundos de minha casa...A catequista deu-se por satisfeita com a resposta de Joãozinho e nunca mais duvidou da existência de Deus na Terra...Continuou seu oficio todo domingo como de costume e perguntava a todo domingo a uma criança diferente o que era Deus para ele(a) e depois de sua resposta pedia uma salva de palmas a criança que tão prontamente respondia sua pergunta a todo domingo...Para o Joãozinho seu fiel discípulo era os pés de guaxumas do fundos de sua casa, Mas na mente da catequista ela sempre batia uma salva de palmas a criança por ouvir a sua voz, respirar e estar viva, pois para ela a catequista Jacira Deus na Terra eram as crianças... Mas acreditem Deus existe em tudo e em todos e está sempre cuidando misericordiosamente de todos nós... Escrito pelo poeta: Aaron kamo

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui