Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2529)  
  Resenhas (131)  

 
 
Geométricas-02-179
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



Genealogia de...
Ana Maria Silva Lopez
R$ 47,30
(A Vista)






   > Sob o OLhar do AMoR (homenagem a Mamãe)



Arlete Meggiolaro
      POESIAS

Sob o OLhar do AMoR (homenagem a Mamãe)

Sob o olhar do amor

 

Deus em sua perfeição criou a Mulher

para a fértil florescência, doando-lhe, com ternura,

o dom da arquitetura.

A sua esplendorosa obra Ele sangrou

Mãe.

 

Sob a luz do amor o ventre desperta,

a arquiteta, silenciosamente, projeta

o ramo a florescer.

Ais!

Gera!

Grita!

Uiva!...

Eis ali  o botão, pronto!...

A nova vida!!!

 

Nos três quarto do meu universo,

sou as estrofes dos seus versos

renúncia

resignação,

caminho,

lágrimas,

dedicação,

ternura

grafados sob o olhar do amor!...

 

Sob o olhar do seu amor,

Mãe,

me concedeu a quarta parte

para meus próprios tropeços e acertos.

Neste todo do meu existir

quisera eu encontrar a expressão maior

da Gratidão que és merecedora,

quer pela vida,

quer pelo que sou.

 

Mãe,

acima de tudo Mulher,

do píncaro deste universo

eu  brado de peito aberto,

repercute o  eco...

 

Eu a Amo!...

 

 

 Créditos

© Arlete Meggiolaro

veja formatado:

 

 

http://www.orvalhodaalma.com.br/modules/textos/item.php?itemid=150

 

 

 

 



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui