Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
Enjaule Poesia
José Herculano da...
R$ 49,90
(A Vista)



O SEGREDO DA PEDRA AZUL...
JORGE ANDERSON SILVA
R$ 56,10
(A Vista)






   > SEXTA-FEIRA (Luc Ramos)



Luc Ramos
      POESIAS

SEXTA-FEIRA (Luc Ramos)

           SEXTA-FEIRA

              (Luc Ramos)

 

É sexta-feira, quase meia noite.

Preciso dormir. Amanhã com certeza,

não estarei sozinho deitado nesta cama.

Amanhã sábado. Ela estará aqui, ao meu lado.

É sexta-feira, quase meia noite.

Preciso dormir. Amanhã com certeza,

não vou poder sonhar.

Amanhã sábado. Tudo será real.

Em meus braços ela vai dormir, respirar.

Em meus ouvidos falar, cochichar...

Dizer frases de amor. Besteiras costumeiras.

Conversas ao pé do ouvido. Que me arrepiam.

Que me fazem amá-la. Que me fazem querê-la.

Que me fazem esperá-la. E dizer: Se te espero,

é porque que te amo. Se te amo, sempre te esperarei.

                       --------.



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui