Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2530)  
  Resenhas (131)  

 
 
Entardecer em Porto...
Ingrid Regina...
R$ 66,42
(A Vista)



Natureza-03-181
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > Núpcias de alma



Arlete Meggiolaro
      POESIAS

Núpcias de alma


Núpcias de Almas
 
Amanhecer, orvalhado
pela paixão da noite
esbanjando anseios,
da musa desnuda o seio
do lingerie nublado.
 
Idílio... ternura do amanhecer,
no colóquio amoroso,
escorrega seu corpo
sore o peito copioso
da noite apaixonada.
 
Lavas, incandescencia do macho,
deslizam da imensidão fogosa,
com teu facho,
desnorteia a musa
oreenchedo seu regaço.
 
Taça transbordante do querer.
Querer na claridade deste amor
desvencilhar das nebulosas,
ser o frescor eterno no alvorecer
do teu amanhecer.
 
Oásis que umedece os lábios da noite
endoidecendo-a de prazer,
dopando-a com a calada do açoite
deste viver de longe permanecer,
e como desejo de nunca perder.
 
Núpcias de almas eloqüentes.
 
© Arlete Meggiolaro
 
Livro “Orvalho d’Alma, gotas de emoção”
 
*



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui