Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (942)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2531)  
  Resenhas (131)  

 
 
O testamento vital no...
Isabela Maria Marques...
R$ 30,80
(A Vista)



Scompigliare Brasilia
Airo Zamoner
R$ 29,50
(A Vista)






   > Teoria vazia



Lidiele Moura
      CRôNICAS

Teoria vazia

"Temi que meus olhos não pudessem mais enxergar o que eu queria. Temi que meus sonhos jamais pudessem se concretizar, pois há muito eu já não sentia. Desejei gritar. Desejei me esconder. Porém não importava onde eu fosse, a tristeza sempre me seguia. No anoitecer, mergulhava em prantos, era a única coisa que eu fazia. Emudeci com o passar dos tempos de tanto que desejei gritar, mas meu coração absorveu toda a dor, como se ele mesmo quisesse me salvar. Optei por solidão presente, mas não solidão da alma. Adormeci em meio as correntes, que tanto me depreciava..."

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui